Home Entenda sua doença Estenose do canal lombar
Estenose do canal lombar

                 A estenose de canal lombar é uma doença que acomete pacientes idosos, geralmente acima dos 60 anos, mas podendo aparecer após os 50. Isso acontece devido ao fato de essa ser uma doença degenerativa, que ocorre com o envelhecimento de algumas estruturas da coluna vertebral, como o disco intervertebral, ligamentos e articulações. A degeneração das articulações da coluna forma os osteófitos, conhecidos como “bico de papagaio”.
                O termo estenose de canal significa que há uma diminuição do diâmetro do canal por onde passa a medula. Essa redução do diâmetro do canal é gerada for vários fatores, todos relacionados com a degeneração da coluna. Os fatores mais importantes de compressão são a hérnia de disco, os osteófitos e a hipertrofia de alguns ligamentos, principalmente o ligamento amarelo. 
                                                                       

                Os sintomas mais freqüentes da estenose de canal lombar são dor lombar (dor nas costas), dor irradiada na perna, principalmente na parte de trás e do lado, formigamentos nos pés e dificuldade para caminhar.
                O sintoma principal da estenose é a necessidade de parar para descansar após caminhar alguns metros. Após descansar, sentar ou colocar o tronco para frente, o paciente consegue voltar a andar. Um sinal também típico é a boa capacidade de andar de bicicleta, mas não de caminhar. Isso ocorre devido ao fato de ao andar de bicicleta, o paciente joga o tronco para frente e aumenta o espaço do canal da coluna, melhorando os sintomas
                O diagnóstico é feito com a história típica e o exame físico. Os exames necessários são o raio-x e a ressonância magnética da coluna, onde a estenose e a compressão são visualizadas.
                Tratamento: o tratamento da estenose inclui medicações, infiltrações e a cirurgia. Inicialmente é tentado o tratamento conservador, isso é, com medicações e infiltrações. Se com esse tratamento não houver melhora, a cirurgia então é indicada
                Cirurgia: a cirurgia para a estenose de canal lombar consiste na remoção das estruturas que estão comprimindo o canal vertebral. Essas estruturas são o osso, o ligamento (chamado de ligamento amarelo) e os osteófitos (bicos de papagaio) que podem estar gerando compressão. A remoção de parte do disco não é obrigatória, sendo realizada somente quando está realizando grande efeito compressivo. Muitas vezes nesta cirurgia é necessária a artrodese com fixação das vértebras com parafusos. Isso ocorre quando há uma instabilidade, isso é, um aumento anormal de movimento entre as vértebras, gerado pela degeneração.
                O a recuperação após a cirurgia não é difícil. O Paciente fica em pé e caminha no segundo dia após a cirurgia. O uso de colete às vezes é necessário, mas fica à critério do médico e é avaliado a cada situação. A retirada dos pontos é feita entre 10 a 15 dias e o retorno ao trabalho (desde que não seja feito esforço) é possível em menos de 1 mês. Retorno às atividades com esforço é possível após 3 meses, caso a artrodese esteja consolidada.

 

Anúncio

 

Atendimento

Clínica Vita de Ortopedia

Av Carlos Correia Borges, 851 Zona 5, Maringá-PR

Tel: (44) 3031-4411